Avançar para o conteúdo principal

"Os nossos heróis" dirigido a cidadãos que desenvolvam projetos que fazem a diferença na comunidade


 

VISÃO e Montepio procuram "Os Nossos Heróis"

Se conhece algum caso de cidadania que seja inspirador ou se gostava de ver o seu trabalho reconhecido inscreva-se até 15 de setembro

 
 
 

Na conferência Os Nossos Heróis, Histórias na Primeira Pessoa, realizada em parceria pela VISÃO Solidária e pelo Montepio, foi lançada a 2.ª edição do prémio Os Nossos Heróis, dirigido aos cidadãos que se preocupam ou estão envolvidos em projetos de solidariedade social.
Coube a Francisco Pinto Balsemão o anúncio da nova edição do prémio "Os Nossos Heróis", que volta a juntar a VISÃO Solidária e o Montepio.
A iniciativa pretende distinguir pessoas e empresas que desempenham um papel ativo e importante ao nível da solidariedade social.
O principal objetivo é dar a conhecer cidadãos que desenvolvam projetos que fazem a diferença na comunidade onde estão inseridos, à semelhança dos oradores da conferência Os Nossos Heróis, Histórias na Primeira Pessoa, que venceram a edição do ano passado. O dentista Miguel Pavão, vencedor do prémio Herói do Ano do ano passado, criou uma associação que leva a saúde oral aos meios mais desfavorecidos.
As empresas que assumem um papel relevante em matéria de responsabilidade social também vão ser distinguidas pelo seu trabalho, através do reconhecimento na comunicação social.
O prémio "Os Nossos Heróis" é um desafio que nos vai ajudar a divulgar projetos e ideias de excelência social.
As candidaturas deverão ser enviadas para o email visao@impresa.pt, com o assunto "Os Nossos Heróis"; ou para a morada: Prémio "Os Nossos Heróis" Revista Visão. Rua Calvet de Magalhães, n.º 242 - 2770-022 Paço de Arcos. O regulamento está disponível no site da Visão Solidária.
 
 
Fonte:http://visao.sapo.pt/visao-e-montepio-procuram-os-nossos-herois=f731371

Ler mais:
http://visao.sapo.pt/visao-e-montepio-procuram-os-nossos-herois=f731371#ixzz2XAYRIz7d

Mensagens populares deste blogue

Nascer Cidadão

Nascer Cidadão O projecto "Nascer Cidadão" permite registar os recém-nascidos imediatamente no próprio hospital ou maternidade logo após o nascimento perante funcionário do registo civil que para este efeito se desloca às unidades de saúde.

Sendo o nascimento declarado no hospital no posto de atendimento do nascer cidadão, não é necessária qualquer deslocação à conservatória do registo civil.

Para o registo de nascimento das crianças é necessário:
Escolher o nomeO nome é formado no máximo por dois nomes próprios e quatro apelidos.
- Os apelidos são os nomes de família.
- Sendo a criança estrangeira o seu nome será composto de acordo com a lei da sua nacionalidade. Escolher a naturalidadeFreguesia e concelho da maternidade, ouFreguesia e concelho da residência habitual da mãe.Apresentar os documentos de identificação dos pais sempre que possível.Após o registo de nascimento é entregue documento comprovativo do mesmo.O registo é gratuito. Fonte: http://www.irn.mj.pt/IRN/sections/ir…

A importância da multiplicação e divisão na Matemática

Não tanto devido à minha formação em gerontologia social, mas porque o trabalho destes colegas merece ser partilhado pelo mérito e excelência no papel que têm tido no quebrar de preconceitos e diminuição de tabus em relação aos mais velhos de nós, aqui vai foto editada por #portugueselily com muito muito orgulho! Parabéns pela extraordinária capacidade na inclusão de quem infelizmente,  pela sua natural  vulnerabilidade...é excluido.